Vaginas com dentes fortes e afiados

Imagem: www.pixabay.com

Eu estava folheando uma publicação da década de 80 intitulada "Senri Ethnological Studies" e, ao ler a tabela de conteúdo, um artigo com um título curioso me chamou a atenção logo de cara: "A mulher como a imagem do medo: uma comparação dos contos populares Vagina Dentada e Female Monster" (Woman as an Image of Fear : A Comparison of Vagina Dentata and Female Monster Folktales). Ele era um dos últimos artigos, e pulei logo para a página onde ele se encontrava, pois eu tinha um pressentimento de que eu iria gostar da leitura, de que ela seria interessante. Bem, eu não estava enganado! O autor (que é do Japão) selecionou algumas histórias populares em que a mulher é uma predadora temida e perigosa. Nesse ponto, o artigo lembra um pouco o livro As Mil E Uma Noites, com diferentes histórias dentro do texto de Kazuhiko Komatsu.

O primeiro conto é sobre três irmãos que viviam na ilha de Mogmog. O mais velho sai para pescar em uma ilha próxima e não retorna, fazendo com que os outros dois irmãos, um de cada vez, decidam ir até a ilha checar o que pode ter acontecido. Este  conto vai da página 321 até 323. Outros contos populares aparecem no artigo, porém o primeiro (o dos 3 irmãos) foi o meu favorito. O que estes contos possuem em comum é a figura de uma mulher que mata os homens durante a penetração (perdão pelo spoiler!).

Caso você também queira ler o artigo, eu tenho uma boa notícia: eu encontrei uma versão digital na internet, no repositório do "National Museum of Ethnology" do Japão:

http://doi.org/10.15021/00003257

Como o site está em japonês, talvez você tenha dificuldade de encontrar o botão do PDF, então vou disponibilizar outro link aí embaixo, que é um link direto para fazer o download do artigo:

https://minpaku.repo.nii.ac.jp/?action=repository_uri&item_id=3265&file_id=18&file_no=1

Para finalizar, uma curiosidade: o primeiro epsódio da série australiana Tidelands, que passou na Netflix há algum tempo, tem uma cena em que uma das mulheres (metade sereia e metade humana) mata um homem exatamente assim, ao ser penetrada. 

Bem, eu espero que gostem dessa minha primeira dica de artigo. 

Até a próxima!